Assassino da miracemense Rozilaine Fernandes da Silva é condenado a 14 anos de reclusão


Por Nelson Barros

 Foi julgado e condenado nesta quarta-feira (24/07), pelo Tribunal do Júri a 14 anos de reclusão, Leadir Pereira Arão, depois de assassinar a miracemense Rozilaine Fernandes da Silva, com mais de cem facadas e depois foi degolada e o corpo enterrado nas margens do rio que corta a cidade de Itaocara.

 

O crime aconteceu no dia 26 de maio de 2011 e chocou a cidade de Itaocara, uma vez que a vítima levou mais de cem de facadas. Os policiais civis da 135ª DP de Itaocara, sob o comando do delegado Dr. José Carlos Bechara, iniciaram a investigação e conseguiram prender o acusado Leadir Pereira, em menos de 48 horas.  O trabalho dos policiais do GIC foi elogiado pelo Ministério Público, que desvendaram o caso e comprovaram de forma inequívoca a autoria do crime.