Acordo entre Prefeitura e Hospital de Miracema, pode fechar o Pronto Socorro às 19 horas


Desde o início de 2017, a Secretaria Municipal de Saúde, então representada pelo seu Secretário Luís Fernando (que pediu exoneração no final de janeiro), vinha mantendo conversas com a direção do Hospital de Miracema, pois o mesmo alega não estar conseguindo gerir suas contas.

No início foi aventada a possibilidade de fechamento do PU, com o Hospital sendo contratado para oferecer o serviço de emergência da cidade. Foram várias propostas para que houvesse um aumento da receita para o hospital, de forma a sanar suas contas.

FOTO: NELSON BARROS

Segundo fontes, o que se tem acordado hoje é que o Pronto Socorro funcionará apenas no período diurno, enquanto o Hospital prestará o serviço noturno de emergência.

Alguns funcionários do PU disseram estar sabendo de forma superficial, nada oficial, sobre a tal mudança e que se encontram apreensivos e surpresos com esse acordo, pois isso acarretará mudanças drásticas em suas vidas profissionais e pessoais, uma vez que poderão ser remanejados de setor, terem seus salários diminuídos, e cargas horárias alteradas, podendo tornar inviável a permanência na Prefeitura.

Pelo que podemos apurar não há nenhum projeto de lei tramitando para fechamento de Pronto Socorro, tampouco contratação de serviço de emergência com o Hospital.

Mediante um fato de tamanha importância para a população de Miracema, há necessidade de um amplo debate com a sociedade, conselho Municipal de saúde, com os funcionários envolvidos, para que o Município de Miracema não fique desamparado e se instale um caos na saúde.

Pronto Socorro Municipal é a maior conquista da população de Miracema, pois funciona 24 horas, mesmo que seja nos fins de semanas, feriados e estando sempre aberto. Nele são realizados mais de 30.000 atendimentos ao ano. E só existe, pois o Hospital, há mais ou menos 15 anos, não queria mais oferecer o atendimento de emergência para o SUS, pois alegava ser deficitário.

A Prefeitura está cumprindo rigorosamente com a sua parte na contratualização dos serviços do SUS, oferecidos pelo hospital, estando os pagamentos em dia. Fomos informados que acontecerá uma reunião na próxima segunda-feira (06), com o prefeito Clóvis Tostes, o Conselho Municipal de Saúde, a Direção do Hospital e o Secretário de Saúde, Adriano Rocha, para que seja encontrada uma solução, que seja a melhor para a comunidade miracemense.