O casal miracemense José Mota Neves e a esposa Maria Aparecida entre os mortos


Foto retirada do facebook de Eliane Dias

 Vítimas fatais identificadas:
Ilma da Silva Florido, 62 anos
Lúcia Turques da Silva, 36 anos
Edes Moraes da Silva, 49 anos
Charles Expedido André, 52 anos
José Neves Mota, 59 anos
Maria Aparecida Mota Neves, 55 anos
Lúcia Moraes, Sem idade conformada
Eduardo Fernandes, Motorista do Ônibus

Jussara Nelon Magacho

 

Um ônibus saiu da pista e caiu em uma ribanceira na rodovia Rio-Teresópolis (BR-116), na altura do km 102, em Guapimirim, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, por volta das 14h20 desta segunda-feira (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos 11 pessoas morreram, entre elas o motorista, e cerca de 19 pessoas ficaram feridas.

Bombeiros no resgate - G1

O veículo é da empresa Auto Viação 1001 que confirmou a identificação do motorista que morreu no acidente: Eduardo Fernandes, que trabalhava na empresa ha quatro anos.

Peritos de Polícia Civil vão investigar se ônibus teria perdido o freio antes do acidente. A falha técnica é uma das hipóteses investigadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também trabalha com a possibilidade de o motorista, que também morreu, ter passado mal.

A linha de investigação da PRF é baseada em relatos de testemunhas, que viram o ônibus, da empresa Auto Viação 1001, descer a serra na contramão, com o alerta ligado. A técnica de enfermagem Sônia Tambara e o aposentado Sebastião Tambara seguiam para Teresópolis quando viram o ônibus descer a serra na contramão.

Sebastião diz que conseguiu desviar, mas o veículo colidiu na lateral do carro. O casal fez o retorno para ir atras do ônibus e tentar pará-lo, mas não achou mais o coletivo na estrada. "Descemos a serra até a delegacia e ao chegar lá fomos saber do acidente", contou Sônia. "A gente ia bater de frente. Descemos rezando o terço juntos", completou.

Segundo peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, o tacógrafo, que registra a velocidade do ônibus, marcava 80 km/h. A velocidade máxima permitida é de 60 km/h. A polícia também afirmou que não há marcas de freio. O onibus será levado para o pátio da empresa e lacrado ate a polícia ir ao local fazer uma perícia mais aprofundada. O caso foi registrado na 67ª DP (Guapimirim).

A 1001 informou que faz manutenção constante nos veículos e que vai investigar se o veículo acidentado havia tido o freio inspecionado recentemente. A companhia disse que vai divulgar o nome dos mortos nesta terça-feira (23).

Fonte: G1

 

Nomes dos feridos divulgada pela Autoviação 1001:

  • Amilcar de Oliveira
  • Cláudia Maria da Silva
  • Daniel dos Santos Oliveira
  • Emerson Turques da Silva
  • Ernestina Santos
  • Weika de Souza Malaquias
  • Guiomar Pereira da Silva
  • José Severino da Silva
  • Maria Célia Dinez
  • Maria Eduarda Lopes
  • Paola Alves de Farias
  • Paulo Paban
  • Reiner Neas
  • Tlegio de Andrade
  • Vamilton de Souza

Dentros os feridos, Uma pessoa ainda não foi identificada.

Segundo os bombeiros, os oito feridos socorridos foram levados para o Hospital das Clínicas de Teresópolis (5 vítimas), o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, na Baixada Fluminense, (1 vítima) e o Hospital Municipal Miguel Couto (2 vítimas), na Gávea, Zona Sul do Rio.

A Secretaria municipal de Saúde confirma a chegada de dois feridos no Miguel Couto, um homem e uma mulher. Ele é alemão, tem cerca de 50 anos e está em estado grave, com várias fraturas pelo corpo. Ainda não há informações sobre o estado da mulher.


-->Câmera flagra o ônibus desgovernado. Vejam no link: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/camera-flagra-onibus-desgovernado-antes-de-queda-em-barranco-no-rio-20121022.html


A equipe do Jornal Dois Estados está buscando mais informações.

Acompanhe nossa página no Facebook e saiba mais: facebook.com.br/JornalDoisEstados