Eventos da Copa terão isenção de ISS


A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (31/10)projeto de lei complementar, de iniciativa do Executivo, que permite isenção de Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) em eventos ou outros serviços relacionados à Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de Futebol em 2014. O texto foi aprovado pelos deputados federais sob a forma de emenda substitutiva pelo relator da matéria na Comissão de Turismo e Desportos, deputado Leonardo Picciani (PMDB/RJ).

O parlamentar informou que a isenção foi um dos compromissos que o Brasil assumiu ao oferecer o país como sede da Copa 2014. Ele salientou que os municípios e o Distrito Federal, que concederão as isenções, serão compensados pela movimentação gerada pelas competições. 'A realização dos eventos será vantajosa para o Brasil ', lembrou Leonardo que também afirmou que todas as operações estarão disponíveis num portal na internet.

Os benefícios poderão ser concedidos à Federação Internacional de Futebol (Fifa), aos prestadores de serviços da Federação, à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à emissora oficial da entidade'. O projeto segue agora para apreciação pelo Senado.