(22) 997587542  |  contato@doisestados.com.br

O mundo chora por Eusébio

Nelson Barros

Nelson Barros

O ano de 2014, começou com a dona morte super disposta e animada. Com a sua foice fatal super afiada, dona morte ceifou a vida de pessoas ilustres e queridas. No dia 06/01, ela levou Eusébio um monstro sagrado do futebol mundial, no mesmo dia levou o cantor Nelson Ned o “pequeno gigante” como era chamado pelos seus fãs, ainda não satisfeita dona morte levou Marly Marley esposa do famoso humorista Ary Toledo.
Dias depois, dona morte chegou a nossa cidade e levou o nosso Calil Saluan Neto, que foi vereador, fundador da Escola Unidos no Samba na Cor e de quebra levou o nosso amigo Rubenir, sargento da Polícia Militar e um dos grandes leitores de nossa coluna, isso sem falar em outros nomes menos famosos e anônimos, mas que deixaram rastros de saudades e tristezas!
No mundo do esporte o planeta ficou de luto com a morte de Eusébio, um gênio do futebol das décadas 60 e 70, rivalizando com Pelé como um dos maiores craques do mundo. Nascido em Maputo, em Moçambique, no ano de 1942, Eusébio chegou ainda jovem em Portugal no ano de 1950. Foi contratado pelo Benfica começando nas categorias de bases e em 1960 estreava no time principal maravilhando todo o país e mundo com o seu futebol fantástico.
Tornou-se o maior artilheiro do Benfica marcando 638 gols em sua carreira, ganhou 11 campeonatos portugueses, cinco taças de Portugal e uma Liga dos Campeões da Europa. Na copa de 66 na Inglaterra quando Portugal conquistou sua melhor posição ficando em terceiro lugar, ele foi o artilheiro  copa com 9 gols e marcou dois gols contra a Seleção Brasileira eliminando o Brasil nas Quartas de Finais.
Em 1972, quando a FIFA instituiu a Chuteira de Ouro ele foi o primeiro a ser laureado. Na calçada da fama do Maracanã ele também foi o primeiro estrangeiro a deixar as marcas de seus pés. Esse foi Eusébio, um monstro sagrado do futebol que dona morta o levou para o além para se juntar a Garrincha, Nilton Santos, Ademir, Castilho e outros, formando lá no outro mundo uma verdadeira seleção.
Publicada em: 17/01/2014