(22) 997587542  |  contato@doisestados.com.br

26 mil doses da vacina AstraZeneca teriam sido aplicadas fora do prazo de validade

Nelson Barros

Nelson Barros

Milhares de doses da vacina AstraZeneca foram ministradas mesmo estando fora do prazo de validade, segundo o próprio Ministério da Saúde.
Levantamento do jornal Folha de São Paulo com base em registros oficiais do Ministério da Saúde colocou em suspeição 26 mil doses de vacinas AstraZeneca que teriam sido aplicadas com o prazo de validade vencido, o que compromete a eficácia da proteção contra a Covid-19. As doses supostamente vencidas foram ministradas em postos de saúde e outros pontos de vacinação de 1.532 municípios brasileiros.
Com 3.536 pessoas vacinadas com doses sob suspeita, Maringá (PR) aparece em primeiro lugar no ranking elaborado pela Folha, seguida de Belém (PA), com 2.673 doses; São Paulo (SP), com 996; Nilópolis (RJ), com 852; e Salvador (BA), com 824. Os outros municípios teriam aplicado menos de 700 vacinas fora de validade, sendo que a maioria não passou de dez doses.
Além disso, outras 114 mil doses da vacina AstraZeneca que foram distribuídas a estados e municípios dentro do prazo de validade já teriam expirado. Segundo a Folha de São Paulo, não está claro se essas doses foram descartadas ou se continuam sendo aplicadas.
As doses que teriam passado da validade integram oito lotes da AstraZeneca importados ou adquiridos por consórcio, ou seja, não foram produzidas pela Fiocruz. Metade desses lotes veio do Instituto Serum da Índia; a outra metade, da Opas, a Organização Pan-Americana de Saúde. Foram distribuídas de janeiro a março para todos os estados do país antes do vencimento.
O jornal explica que cruzou dados de duas fontes — o DataSUS e o Sage — a partir do número do lote das vacinas. Foram consideradas todas as imunizações do país contra Covid-19 até 19 de junho.
O DataSUS identifica todas as pessoas imunizadas com um código individual, acompanhado de informações sobre idade, grupo prioritário de vacinação, data da imunização e lote da vacina recebida. Já o Sage (Sala de Apoio à Gestão Estratégica) traz a data de validade de cada lote vacinal, que registra os comprovantes de entrega dos imunizantes contra Covid-19 por estado.
Em nota à Folha de São Paulo, o Ministério da Saúde informou “que acompanha rigorosamente todos os prazos de validade das vacinas Covid-19 recebidas e distribuídas” e que “as doses entregues para as centrais estaduais devem ser imediatamente enviadas aos municípios pelas gestões estaduais. Cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério.”
Confira se você recebeu vacinas supostamente vencidas da AstraZeneca
As vacinas que estariam vencidas são de oito lotes da AstraZeneca que somam ao todo 3,9 milhões de doses. Destes, apenas 25.935 teriam sido aplicadas fora do prazo de validade.
Para saber se você ou alguém da sua família tomou o imunizante apontado como vencido confira na carteira individual de vacinação. Quem tiver recebido uma dose de um desses oito lotes da AstraZeneca após a data de validade deve procurar uma unidade de saúde para orientações e acompanhamento, segundo a Folha de São Paulo:
Número do lote Data de vencimento
4120Z001 29 março
4120Z004 13 abril
4120Z005 (*) 14 abril
CTMAV501 30 abril
CTMAV505 31 maio
CTMAV506 31 maio
CTMAV520 31 maio
4120Z025 4 junho
(*) A maioria das doses supostamente vencidas aplicadas é desse lote.
Foto: Ari Dias/AEN
Fonte: Gazeta do Povo