(22) 997587542  |  contato@doisestados.com.br

Inaugurado o Centro de Cidadania LGBT do Noroeste Fluminense em Miracema

Leticia Barros

Leticia Barros

Nascido em Miracema, Fernandinho, Cláudia Márcia, ou melhor, Bia Tancredi, teve uma trajetória marcada pela fé e também por variadas formas de se identificar. Na verdade era na multiplicidade a qual era identificado por transbordar amor e afeto.
Bia, era o nome social usado e adotado pelo imenso miracemense que tem uma contribuição na plataforma de direitos humanos ligado ao seu pioneirismo. Uma contribuição inegável para o campo dos direitos ou visibilidade.
Sua ajuda no pensamento e na idealização auxiliou na organização dos problemas de gêneros. Isso nos ajuda a pensar suas revoluções e invenções. Bia foi noiva, devota e fraternal, o centro se tornou um espaço de homenagem e um equipamento de inclusão social para promoção da equidade e justiça social.



O Centro de Cidadania LGBT de Miracema – Noroeste Fluminense vem acrescentar a pauta de direitos humanos em lugares pequenos e rurais abrangendo cerca de 12 municípios do Noroeste Fluminense fortalecendo a equidade social e seus potenciais.
Hoje (29), em Miracema, foi inaugurado o Centro de Cidadania LGBT Noroeste Fluminense. Com a presença do Secretário do Estado de Direitos Humanos, Matheus Quintal, da subsecretária estadual de Direitos Humanos Luciana Calaça, do Prefeito de Miracema Clóvis Tostes e da Secretária de Assistência Social de Miracema, Alinne Barbosa.
Fonte: texto e fotos, retirados da página do Facebook do vereador Jocimar Freire.