(22) 997587542  |  contato@doisestados.com.br

Governo do Estado anuncia entrada da Águas do Rio em 1º de novembro: Aperibé, Itaocara e Miracema estão entre os municípios

Leticia Barros

Leticia Barros

O Governo do Rio bateu o martelo e, a partir de 1º de novembro, a concessionária Águas do Rio assume os serviços de água e esgoto em 124 bairros da capital e outros 26 municípios. O anúncio da data de início da operação foi feito pelo governador Cláudio Castro, na última quinta-feira (14), em visita à sede da empresa no Porto Maravilha. A decisão garante a antecipação de investimentos diretos no estado: segunda parcela da outorga de R$ 2,3 bilhões – além dos R$ 10 bilhões já pagos na assinatura do contrato e início das obras de infraestrutura que beneficiarão cerca de 10 milhões de pessoas.
“Visitar a sede da Águas do Rio é ter a certeza de que a empresa está preparada para assumir a operação plena dos serviços de água e esgoto em 27 cidades fluminenses. Não tenho dúvidas que essa antecipação é benéfica para todos. São novos empregos e investimentos importantes nesse momento de retomada econômica do estado do Rio, que irá receber um total de outorga de R$ 15,4 bilhões, valores imprescindíveis para podermos destravar projetos de governo que vão mudar a vida da população”, afirmou Cláudio Castro.
 
As contratações de funcionários já estão em andamento, priorizando a mão de obra local, e até o fim do mês serão mais de 1.500 novos colaboradores, com previsão de chegar a 5 mil empregos diretos em dezembro e outros 15 mil indiretos ao longo da operação.

Desde maio, a Águas do Rio se prepara para assumir a operação plena. A empresa investiu R$ 10 milhões no Centro de Operações Integradas (COI), que é um dos mais modernos no segmento de saneamento básico no país.


O presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, apresentou ao governador o COI e explicou a tecnologia utilizada como a aplicação de inteligência artificial e IoT (Internet das Coisas), que permitem a análise preditiva e a tomada de decisão cada vez mais assertiva.

O COI já monitora, em tempo real, mais de mil pontos de distribuição de água e a previsão é de que outros 2 mil sejam instalados em locais estratégicos dos sistemas. Ele dispõe de softwares e equipamentos automatizados capazes de analisar inúmeras variáveis, como pressão, vazão, temperatura, energia, produtos químicos e outros, otimizando a gestão dos sistemas de água e esgoto.

A concessionária estará presente em 124 bairros da capital do estado (Zona Sul, Norte e Centro), além de outros 26 municípios. São eles: Aperibé, Cachoeiras de Macacu, Cambuci, Cantagalo, Cordeiro, Casimiro de Abreu, Duas Barras, Itaboraí, Itaocara, Magé, Maricá, Miracema, Rio Bonito, Saquarema (3° Distrito), São Gonçalo, São Francisco de Itabapoana, São Sebastião do Alto, Tanguá, Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados e São João de Meriti.