(22) 997587542  |  contato@doisestados.com.br

Capela da baixada campista é alvo de furto e vandalismo a Diocese de Campos

Leticia Barros

Leticia Barros

Na madrugada desta terça-feira (21), mais uma capela foi alvo de vandalismo na Diocese de Campos. Esta foi a quarta capela furtada em 2021, sendo três na cidade de Campos. Desta vez o ato foi registrado na Capela de São José, na localidade de Cupim de Poço Gordo, na baixada campista, que pertence ao território da Paróquia São Sebastião de Campos. De acordo com o pároco Pe. Fabiano Ferreira, os suspeitos quebraram o vidro da janela para conseguir abrir o trinco e ter acesso ao interior do templo.

“Infelizmente na ação levaram alguns equipamentos de som, como uma pequena caixa e dois microfones. Eles tentaram levar o sacrário, acreditamos que acharam que estava com dinheiro, mas acabaram deixando ele no caminho. A porta do sacrário não foi profanada, retiramos o Santíssimo e levamos para a Matriz de São Sebastião”, declarou o sacerdote.

De acordo com o padre, o furto foi descoberto quando fiéis chegaram para desligar a iluminação de natal durante a manhã desta terça-feira.

“Todas as manhãs eles vão até a Capela para desligar as luzes de natal, quando então perceberam e me acionaram e ligaram para a Polícia Militar”, afirmou Pe. Fabiano.

Para o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrerìa Paz, lamentou mais uma invasão à capela no território diocesano.

“É um pecado gravíssimo com pena de excomunhão. Isso mostra a intenção e o propósito que é atacar a fé católica. Ou intimidar a fé católica. Isso merece uma investigação severa das autoridades de segurança, que devem defender a liberdade religiosa como um valor importantíssimo para o bem comum, a paz e a democracia. Se soma a quase 9 igrejas da baixadas que foram alvo de criminosos com roubos e profanação. Vamos apurar este fato e exigir das autoridades de segurança para os fiéis católicos que é um direito”, disse Dom Roberto.


Por: Ruan Sousa (Comunicação Diocese de Campos)