DESTAQUESEventos

Evento da Firjan Norte e Noroeste vai estimular a Indústria da Construção

Um dos setores que mais geram empregos no Norte e Noroeste Fluminense, a Construção Civil será tema de um encontro entre profissionais e entidades públicas e privadas nas regionais da Firjan em Campos e Itaperuna – respectivamente, na próxima terça (21) e quarta-feira (22). O projeto “Rio Construção” reúne diferentes ações da federação e suas instituições que buscam elevar a produtividade do setor e a competitividade das empresas, trazendo o que há de mais moderno para desburocratizar e estimular cada vez mais obras nas cidades.

No Norte Fluminense, o segmento de Construção foi o que mais abriu postos de trabalho no ano passado (+4.163) – e Macaé se destaca, acumulando saldos positivos consecutivos desde agosto de 2020, auge da pandemia. O primeiro encontro na região – gratuito e aberto ao público – será em Campos (Firjan Norte Fluminense: Rua Bruno de Azevedo, 37, Jardim Maria Queiroz), na próxima terça-feira (21), das 14h às 17h. As inscrições podem ser feitas neste link. O evento é exclusivamente presencial e está sujeito a lotação.

“A federação já conta com um Centro de Referência em Construção Civil, que reúne as últimas inovações do setor não só no país, como no mundo. A partir deste patamar, estamos compartilhando nosso conhecimento com entidades públicas e privadas, trazendo programas e iniciativas que podem elevar cada vez mais o desenvolvimento do setor e a geração de empregos em diversas frentes”, disse o presidente da Firjan Norte, Francisco Roberto de Siqueira.

O Noroeste também se destaca no ranking estadual de geração de vagas no setor: foram 2.576 vagas em Construção no ano passado – com destaque para Itaperuna, com 2.031 novas oportunidades apenas na atividade de Construção de Edifícios. O “Rio Construção” acontece em Itaperuna (Firjan Noroeste: Rua Apolinário Cunha, 51, Cidade Nova) na próxima quarta-feira (22), das 9h às 12h. As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

“A Construção Civil movimenta não só diversos setores da indústria, como também de Serviços e Comércio. Trata-se de um importante vetor da nossa economia, motivo pelo qual a federação busca estimular cada vez mais as diversas entidades e profissionais envolvidos no tema”, destacou o presidente da Firjan Noroeste Fluminense, José Magno Vargas Hoffmann.