CidadeDESTAQUES

Sociedade de São Vicente de Paulo comemora 100 anos de atividade em Miracema

No dia 26 de novembro, a Sociedade de São Vicente de Paulo comemorou 100 anos de trabalho em Miracema. Os vicentinos, assim chamados os seus membros, organizaram uma bela festa que contou com a presença de integrantes de Santo Antônio de Pádua, Itaperuna, Rio de Janeiro e demais regiões.

A data foi descoberta devido a um Jornal Libertas, de maio de 1926, encontrado na Casa da Cultura, que noticiava a primeira romaria à Aparecida-SP de Miracema, organizada pelos vicentinos. Com o dinheiro arrecadado na romaria, os vicentinos começaram a construção da Casa dos Pobres São Vicente de Paulo e compraram a imagem de Nosso Senhor dos Passos, da Matriz Santo Antônio.

Os jornais da época noticiaram as diversas campanhas para levantar fundos destinados a esta importante obra de caridade, inaugurada, depois de muitos percalços e sacrifício, em 1929. A comissão organizadora tinha como presidente, Lucas Damasceno, e contava também, entre tantos nomes, com Demerval Moreira, Ovídio Machado, Antônio Carlos Moreira, Ajax Barros, Milcíades M. Faria Alvim, Custódio Alvim Barros, José Cesário Moreira, Antônio Alvim Tostes e Henrique Alvim.

Também foram encontradas algumas folhas de uma Ata de reunião, datada de 1923, que confirma o fato e ainda lembra que a Casa dos Pobres foi administrada pelos vicentinos por 42 anos e que foi doada, em 1971, para as Irmãs Missionárias Nossa Senhora de Fátima, onde administraram até pouco tempo.

E, até hoje, os vicentinos estão presentes em Miracema através da Conferência Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Igreja Nossa Senhora Aparecida), Conferência São Sebastião (Igreja São Sebastião, na Jove) e Conferência São José (Bairro Cehab), com a missão de realizar o sonho de seu fundador, o Beato Antônio Frederico Ozanam, que era formar no mundo uma grande Rede de Caridade.

A comemoração dos 100 anos da Sociedade de São Vicente de Paulo teve início com a Santa Missa na Igreja Nossa Senhora Aparecida. No final do encontro, além do almoço, teve um pequeno teatro representando São Vicente de Paulo.  Muitos vicentinos inativos também estiveram presentes na festividade.