CidadeDESTAQUES

Café do Trabalhador alcança a marca de 1 milhão de refeições servidas a R$ 0,50 

O Café do Trabalhador, programa do Governo do Estado que fornece a primeira refeição do dia ao preço popular de R$ 0,50, chegou à marca de 1 milhão de cafés servidos em apenas seis meses de funcionamento. Ao todo, já são 27 municípios atendidos e 28 pontos em diferentes localidades no estado. A iniciativa é encontrada em estações de transporte público e destinada a trabalhadores, estudantes, idosos e transeuntes.

Pão com manteiga, café, leite e uma fruta são os alimentos que compõem o kit do Café do Trabalhador. Os clientes ainda recebem guardanapos, mexedor descartável, sachês de açúcar ou adoçante.

“Esse projeto é um grande aliado da população fluminense que precisa acordar cedo e acaba saindo de casa sem garantir o café da manhã. Com a primeira refeição do dia assegurada, esse trabalhador tem acesso a uma refeição balanceada e de qualidade para iniciar as atividades do dia”, disse o governador Cláudio Castro.

O projeto, administrado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH), também tem como característica a contratação de moradores que residem próximo aos polos, de modo a fomentar a empregabilidade local. Em cada unidade a movimentação é grande e são distribuídos em média 500 kits por dia. A previsão é de que novos pontos sejam inaugurados durante o ano.

“A insegurança alimentar tem se agravado no Brasil, e o Café do Trabalhador é um importante passo do Governo do Estado no enfrentamento desta questão. Chegamos ao sexto mês do programa e temos muito ainda a avançar, mas nos sentimos realizados em poder garantir, mesmo que em estágios iniciais, um dos direitos primordiais e universais, que é o acesso à alimentação adequada, segura e em quantidade suficiente para quem precisa”, ressaltou o superintendente de Segurança Alimentar da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos no Estado, Victor Hugo Miranda.

O Café do Trabalhador está presente nos seguintes municípios: São Gonçalo, Magé, Macaé, Santo Antônio de Pádua, Itaocara, Campos dos Goytacazes, Itaboraí, São Francisco de Itabapoana, Itaperuna, Bom Jesus de Itabapoana, São João da Barra, Teresópolis, Barra Mansa, Rio das Ostras, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Tanguá, Queimados, Guapimirim, Rio Bonito, Nova Friburgo, Angra dos Reis, Três Rios, Cordeiro, Nova Iguaçu e Mendes.